terça-feira, 19 de março de 2013

Eu ... Eu mesma ... e sem MENTIRAS

Acho incrível a minha capacidade de poder chegar e enxergar além daquilo que me é dado como realidade. Não consigo viver de mentiras e tenho um péssimo defeito, mas isso é um segredo que manteremos aqui entre nós. Não sei como expor uma das minhas maiores fraquezas ... vai lá: EU AMO DESCOBRIR A MENTIRA ALHEIA. Isso mesmo eu não posso desconfiar que alguém está mentindo que o meu alerta vermelho começa a piscar e bingo no final de minha busca eu descubro e vejo materializar-se e tornar-se concreto as minhas suspeitas, as desconfianças e a certeza de mais uma vez não estar errada.

Não me importo se a pessoa não tem dinheiro, mas é necessário caráter e conduta.
Não me importo se ao menos uma vez na vida ela precisou omitir algo para proteger quem tanto amava, mas a mentira não deve virar um bolo de neve e a partir desse momento tornar-se a sua realidade a ponto de não saber mais qual é a vida real ou a vida projetada na falsidade e nesse emaranhado de engano propositado.
Não me importo se a mesma não é tão culta, mas sabe na sua simplicidade expressar o que vê do mundo e dos outros.
Não me importo se não é simpática, mas saiba sorrir com sinceridade.
Não me importo se o caminho é difícil desde que a caminhada seja produtiva e me faça crescer.
Não me importa os tropeços, mas sim o que eu aprendi com cada tombo.

E nessa caminha de amizades rápidas e passageiras ao longo dos anos eu pude aprender quem está realmente ao meu lado. E essas pessoas são  sinceras na sua dor de cabeça. No seu mau humor e até mesmo quando diz "hoje estou brava com você e é melhor não nos vermos". Até mesmo quando dizem que preciso crescer porque estou com um comportamento um tanto quanto adolescente. E é isso que eu levo comigo: A VERDADE. Essa verdade de amar, sentir raiva e até detestar às vezes. Porém, sem precisar falar mal por trás ou armar para mostrar quem é a pessoa que você acabou de conhecer.

Eu vivo tudo intensamente e tenho paixão por pessoas que sabem o que é uma amizade mesmo isso sendo raro hoje em dia. Eu posso dizer que dos amigos que tive ... poucos sobraram... Mas nesse pouco selecionados por mim eu encontro minha paz e aconchego... eu chego e ali estou em um Porto Seguro. Aos poucos amigos que tenho quero dizer que por vocês vale a pena as marés, as tormentas e as tempestades porque sempre FORAM SINCEROS e SINCERAS comigo. E aos outros que construíram castelos ... as paredes ruíram porque amizade é sinceridade e doação acima de tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário