segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Autorretrato



E que venha
Com seus cabelos de fogo
Olhos esmeralda
Esbravejando.
Trovejando.

Avassaladora.
Derramando água
Em dia de domingo
Consumindo.

Cheia de incertezas
Instabilidade.
Confrontando dúvidas
Deixando saudade.

Movida pela emoção
Parecendo um trovão
Lançando sua espada
Sem perdoar nada.

Tenha compaixão
E não esqueça seu coração
Coração este que se fechou
Trancou.
Mas ainda não parou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário